Quer Viver de Fotografia
sobre o blog

Quero Viver de Fotografia

Contar minha história na fotografia é bem complicada e longa, mas tentarei resumir para vocês. Desde que me intendo por gente eu sempre gostei de fotos, principalmente de sair nelas! Haha Minha mãe me conta histórias de que quando era pequena não podia ouvir a palavra FOTO que saia correndo para me arrumar e estar linda em todas. Óbvio que eu ja quis ser Médica, Veterinária, Engenharia etc. Que a escola tradicional nos impulsiona para essas carreiras que tecnicamente te dão mais dinheiro e instabilidade. Porém eu como uma boa Geminiana, indecisa demorei para realmente entender o que eu queria.

Os meus caminhos nessa vida sempre me levaram para a Arte, sempre gostei de Teatro, Dança, Desenho, Canto e ai entra também a Fotografia. Decidi que iria fazer Publicidade, até que me deparei com a Fotografia, perguntei a mim mesma porquê não? Eu sempre gostei de inventar coisas novas para minhas fotos, edições etc. Fui la então e comprei uma câmera usada, que era uma da CANON. Me matriculei em um curso de 3 meses, e aquele estalinho me deu, se você não teve isso ainda é porque não esta no caminho certo, o curso foi super intenso e foi uma das melhores coisas que eu fiz na vida! Me senti completa e TOTALMENTE realizada.

E desde então estou nessa área. Óbvio que não foi fácil, afinal NADA É! Se ilude quem acha que só porque faz o que ama, estará seguro financeiramente. Você tem que ralar muito, ir atrás mesmo, divulgar, conhecer pessoas, bater de porta em porta e muitas vezes abrir mão de coisas para poder viver do que ama.

Infelizmente no mundo esta muito saturado de pessoas que fazem de tudo! Mas não fazem bem, porque acha que será fácil e depois de um tempo ou desistem ou fazem de qualquer forma.

Fotografia é uma profissão como qualquer outra, é necessário estudo e muito trabalho.

E pensando nisso eu resolvi além de contar minha trajetória durante esses 4 pequenos anos dar algumas dicas para quem está começando ou quer começar a viver de Fotografia.

Câmera

Sim, precisa ter uma câmera, porque ela é a ferramenta de trabalho, é o mínimo que precisa ter, pelo menos  para começar a brincadeira. Não precisa ser a câmera mais cara, mas uma DSLR é necessária, ela é mais profissional, lembre-se que você vai sair da fotografia amadora, então que seja com o pé direito. Como eu citei acima, eu comecei com uma usada, de repente se você não tem nenhuma verba é uma ideia. Existe vários sites que você encontra câmeras boas e usadas.

Curso

Sendo bem sincera, eu fiz um curso de 3 meses, e desde então tudo que eu aprendi foi na prática. Tem pessoas que vivem fazendo cursos e não praticam NADA então não adianta né? Então se tiver condições, faça um curso, você ganha contatos e ajuda em muita coisa. Mas se não tem “money” então enfia a cara em livros e até mesmo videos no Youtube que ensinam ai o básico.

Divulgação

Eu comecei falando para todo mundo que eu conhecia, e assim foi de boca em boca, não se engane com curtidas no Facebook ou Instagram, muitos dos meus clientes vem do famoso MARKETING BOCA-BOCA. Mas nem por isso deixe de criar as paginas, lembre-se quem não é visto não é lembrado. Tenha uma frequência de postagens, depois posso falar um pouco mais sobre isso se quiserem.

Quanto Cobrar

Confesso que no começo cobrei muito barato, e hoje vejo quanto dinheiro perdi. Mas eu estava começando, não tinha nenhuma noção de valores, mas uma dica que eu dou, valorize-se. Hoje em dia eu prefiro não fazer um trabalho, se for para ganhar praticamente nada, acredite! Você acha que é vantagem e que tudo que vier é lucro, mas a dor de cabeça não compensa depois. Para chegar em um preço que eu achei JUSTO eu fiz alguns cálculos de quanto gasto para trabalhar e quando quero receber como salário, não é nada complicado, mas é legal ver videos ou artigos na net também para poder ter noção do que estou falando.

Logo abordarei mais sobre esse tema aqui no blog, afinal tem muita coisa para se falar cobre a fotografia. Mandem dúvidas que responderei. E até a proxima!

Beijos/ D

 

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta